Forum destinado à discussão de temas ligados à montagem, manutenção e rede de computadores
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin
Compartilhe | 
 

 DISPOSITIVO USB

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
freire
Admin


Mensagens: 19
Data de inscrição: 02/08/2009

MensagemAssunto: DISPOSITIVO USB   Seg Out 19, 2009 4:45 pm

O que é um dispositivo USB 2.0? Seu computador possui essa entrada?
Por Cauã Taborda, especial para a PC World
22-02-2008
Maioria dos periféricos, como impressoras e webcams, usa conexões USB 2.0. Descubra se o PC possui entradas para elas.
O padrão USB, do inglês Universal Serial Bus, foi desenvolvido para facilitar a conexão e transmissão de dados entre dispositivos “plug and play” (conecte e use) e o PC.
Exemplos de dispositivos USB são HDs externos, impressoras, modems de banda larga, cabos para conexão de celulares, câmeras digitais, etc.
Existem dois tipos de portas USB no mercado, as 1.1 e as 2.0. A diferença entre elas está na velocidade da conexão. A versão 1.1 possui velocidade de 12 Mbps (megabits por segundo).
Com o avanço dos dispositivos externos, como máquinas digitais com capacidades maiores, HDs externos e dispositivos de música, como iPod, a demanda por velocidades mais altas de transferência cresceu, culminando com o surgimento da USB 2.0, que possui uma velocidade de 480 Mbps.
O padrão se popularizou rapidamente e os PCs e notebooks passaram a trazer essas portas de fábrica, permitindo que um grande número de dispositivos chegassem ao mercado compatíveis com elas, tais como mouses, teclados, alto-falantes e muito mais.
Além da velocidade
Uma vantagem da USB 2.0 sobre sua antecessora é o fornecimento de energia. Dispositivos mais elaborados e que demandam maior carga, como os HDs externos sem alimentação externa de energia, são compatíveis somente com a versão 2.0 de USB.

Identificação: Portas 2.0 são descritas como Enhanced pelo Windows
Uma dúvida que deve atingir vários usuários e se seu computador possui portas USB 2.0. Para identificar o tipo de conexão existente, selecione, no Painel de Controle, Sistemas. Depois, clique na aba Hardware e em Gerenciador de dispositivos.
Na lista de hardware clique em Controladores USB; eles são identificados por uma figura que lembra um tridente.
Se na listagem for mostrado Enhanced USB controler, seu PC possui portas 2.0, caso contrário só do tipo 1.1.
É importante observar esse detalhe, pois muitos dispositivos requerem essas entradas e estão identificados na embalagem. Modelos de HD externo, por exemplo, podem ficar muito lentos ou não funcionar nas entradas 1.1, assim como webcams e alto-falantes.
Caso embalagem do produto não apresentar identificação de compatibilidade com USB 2.0, procure o site do fabricante para esclarecer essa dúvida.
A Intel, juntamente com um grupo de empresas, está desenvolvendo a USB 3.0, que se conectará a velocidade de 4.8 Gbps (gigabits por segundo).









Cuidado para não sobrecarregar as conexões USB do seu PC
Por Flávio Xandó, especial para PC Wolrd
31-03-2008
Embora as portas USB sejam capazes de fornecer energia elétrica aos periféricos, existe um limite que não deve ser extrapolado.
Dúvida do leitor Renê Soares Lamin Júnior, recebida por e-mail
“Tenho um microcomputador HP Pavilion A6220br no qual está instalado o Windows XP Professional com todas as atualizações em dia. De vez em quando surge a mensagem Surto de tensão na porta do concentrador. Um dispositivo USB excedeu o limite de energia de sua porta de Hub. Procurei na web e não encontrei solução para o problema. O que está acontecendo?”
PC World: Uma das grandes vantagens dos periféricos USB é que o fornecimento da energia elétrica necessário ao seu funcionamento pode ser feito pelo mesmo cabo utilizado para o tráfego de dados, ou seja, tudo provém pela mesma porta USB à qual o equipamento é conectado no PC.
Normalmente, o consumo de um único dispositivo USB não é suficiente para acarretar esse problema. Mas é provável que se muitos periféricos USB que exigem alimentação elétrica forem ligados ao computador pode ser excedida a capacidade nominal de fornecimento de energia.
Pela mensagem exibida pelo sistema, parece que esse é exatamente o seu caso: há excesso de equipamentos ligados ao hub do seu PC.
Uma possível solução é usar um hub externo, com alimentação própria, para conexão dos dispositivos USB . Dessa forma, você não estará exigindo nenhuma ‘força’ extra do PC.
Porém, se tudo funcionava bem antes (e você não acrescentou periféricos USB adicionais ao sistema), essa mensagem de erro pode sugerir que o PC apresenta algum defeito no subsistema de USB.







Como eu faço para poder dar boot no PC a partir de um pendrive?
Por Flávio Xandó, especial para PC World
06-02-2008
Pode-se fazer isso com o Windows 98, via DOS ou ainda com software específico. Mas o PC deve suportar boot por meio da USB
Dúvida enviada por Hideshi Kawabata Filho, recebida por e-mail
“Gostaria de saber como posso criar um pendrive bootável com o DOS, Ghost ou o Partition Magic, por exemplo?”
PC WORLD: Para um pendrive ser “bootável”, você deve criar o setor de boot e gravar nele os arquivos de sistema. Isso pode ser feito, por exemplo, utilizando um Windows 98 e numa janela de DOS formatá-lo com a opção de Cópia dos arquivos de sistema.
Como o Windows 98 nos dias atuais é pouco comum, você pode usar um programa chamado MKBT – Make Bootable, que pode ser obtido no endereço www.nu2.nu/mkbt (em inglês). Lembre-se que isso ainda não basta.
O computador ou notebook que for usar este pendrive para boot deve ter suporte a esse recurso por dispositivos USB. Isso deverá ser configurado e ativado na configuração de BIOS do equipamento. Para chegar até ela, pressione a tecla específica (varia de um sistema para outro, mas geralmente é Del) durante a inicialização do sistema.




A porta USB funciona corretamente, mas o pendrive não. Por quê?
Flávio Xandó, especial para PC World
18-07-2008
Excesso de arquivos e até alguns tipos de vírus podem impedir que o dispositivo funcione. Veja como resolver.

Dúvida da leitora Anelise Costa, recebida por e-mail
“Estou com um problema, que não sei se é do pendrive ou das pastas que quero copiar. As portas USB parecem funcionar, pois a impressora e o mouse funcionam sem nenhum problema. Porém, quando conecto um pendrive para fazer cópia de músicas ou fotos, surgem as mensagens “Arquivo especificado não encontrado...” ou o “erro 0x80070052”. A primeira vez que deu esse problema, o PC só me deu a opção de fazer backup, então eu fiz e depois disso o pendrive não foi mais reconhecido. Já com outro pendrive, o PC ainda me deixa ter acesso ao conteúdo, mas não posso colar, excluir nem modificar os arquivos.”
PC World: O tal erro 0x80070052 pode ter muitas causas. Excesso de arquivos na pasta raiz do dispositivo pode causar esse erro, pois o pendrive é formatado em FAT32.
Um erro físico do disco, problema na sua superfície, também gera esse tipo de erro. Há alguns tipos de vírus que se propagam via pendrives, criando ou alterando um arquivo chamado autorun.inf (que junto traz um programa que se instala sorrateiramente no PC), que também causam esse tipo de problema.
Como no seu caso a pane se manifestou em três pendrives distintos, há uma boa chance de haver algum vírus em seu computador. A solução será localizar e remover o vírus do PC e de todos os pendrives que você manipulou. Atualize as vacinas de seu antivírus ou instale outro mais eficaz.




Como faço para rodar MSDOS no pendrive?
Por Flávio Xandó, especial para a PC WORLD
18-09-2007
Como este sistema operacional não exige instalação complexa, isso é perfeitamente possível
Como este sistema operacional não exige instalação complexa, isso é perfeitamente possível
Dúvida da leitora Sibeli Gomes, recebida por e-mail
"Existe a possibilidade de rodar programas em MSDOS do pendrive? Tenho dois sistemas instalados no meu computador que rodam em DOS”
PC WORLD: Isso é perfeitamente possível, uma vez que programas DOS não exigem instalação complexa, como os programas Windows.
Os arquivos contidos na pasta do aplicativo são suficientes para executá-lo. Copie os arquivos para uma pasta de seu drive USB. Crie o atalho para o aplicativo na área de trabalho (e de todos os PCs em que você planeja rodar este programa pelo pendrive). Isso é tudo.
Alguns programas DOS exigem muita memória “base” disponível e podem não obter toda essa memória em uma janela DOS do Windows. Neste caso, o Windows 98, Me, 2000 e XP têm algumas opções avançadas nas propriedades do atalho do programa para liberar mais memória para o programa DOS.
Se nada disso funcionar, existe ainda a possibilidade de usar uma máquina virtual com o sistema MS-DOS instalado nela para rodar o programa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://microlinsturma1.forumeiros.com
 

DISPOSITIVO USB

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Dispositivo VIA VERDE
» Dispositivo virar placa.
» Cambagem
» corte de rabeta,soluçao encontrada
» Nova tecnologia da Ford contra amassado nas portas - estréia no novo Focus

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
microlinsturma1 :: Manutenção, Montagem e Rede :: Turma1Microlins-